2.8.08

nãaaaaaaaaaaaaaooooo!!! eu tava presa, presa no ônibus, não podia perder aquele ônibus se não ia chegar em casa só umas 3 horas depois... minha bolsa enorme, tinha que estar em algum lugar, ela é muito funda, profunda demais...
2 dias sem meu livro, eu tava contando as horas pra poder chegar e ficou lá preso, longe.
sobrevivi a volta. cat power me salvou dessa vez estourando os meus tímpanos pra disfarçar aquelas vozes, fechei os olhos, quando não se tem um livro pra enfiar a cara, melhor fechar os olhos, uma espiada na janela de vez em quando e deu pra passar.



srta se atrasou, não fez as ATAS, todas atrasadas, como pode, mil conselheiros a esperar e a maldita atrasada, fazer ATA disse ela é muito bom, realmente muito bom, todo mundo é senhor e senhora quando não é doutor ou professor, tem que escrever assim corrido sem parágrafo, é sim, tudo grudado, pra alegria de uma srta secretária, não pode fazer listas e itens, tudo apertadinho, é assim, pra ficar bem fácil de ler e nada cansativo parece até uma obra de arte tantas letrinhas assim coladas, uma coisa fantástica, a parte mais importante tem que ter números, cada linha numerada para não se perder, fila indiana, 123, 456, e assim por diante em ritmo constante, ah, se um dia vc encontrar uma dessas, não desdenha não, dá um puta trabalho viu amigo, ah outro detalhe importantíssimo, uma ATA tem que ser EXATA, pra todo mundo saber tudinho que foi falado e o último detalhe mais que importante, é que ninguém nunca lê uma ATA, ninguém, ela sofre um pouquinho com essa falta de atenção, mas se conforma quietinha pq sabe da sua importância excelentíssima.