14.3.13

correspondência

* dando conselhos para os outros, que na verdade também servem pra mim!

Mirante Serrinha


Tudo bem? Como passou de ontem para hoje?
Ai Yuyu estou em um mar de desilusão, estou cansada de todos os dias a mesma coisa, só queria chegar em casa e ser abraçada e escutar que vai ficar tudo bem... Mas creio que esse meu mal assola a humanidade.

No meio de tanta informação, existe tanta apelação por atenção que eu fico em duvida se estou fazendo o mesmo que tanto critico. Será que essa minha exacerbação desses sentimentos contraditórios que nem sei se são bons ou ruins, é mera apelação? Desespero? Existe um universo dentro de mim que esta prestes a explodir, e me sinto em ebulição. É tão injusto falar que estou triste em dias tão felizes, é tão difícil desviar os pensamentos.

Estou perdida...



querida

te entendo perfeitamente, estamos vivendo tempos de mudanças rápidas demais, de muita exposição e pouco envolvimento, parece que somos obrigados a correr tanto que não existe tempo disponível para simplesmente viver de verdade, a vida e as pessoas.

tenho como exemplo forte os dias que passamos juntos na nossa viagem, eles foram como um intervalo dessa correria e também desse mundo virtual tão confuso, de certa maneira fomos obrigados por um período a viver o momento presente, viver com quem estava próximo e ter tempo para conversar, para não fazer nada e pensar na vida. lembra como conseguimos enxergar tantos planos e possibilidades?

na nossa rotina isso é um pouco mais difícil, mas acredito que podemos tentar melhorar essa sensação ruim, com pequenas mudanças:

- a vida virtual em grande parte é superficial, e viciante, se deixar passamos horas e horas perdidos nela e até nos sentimos exaustos com tantas expectativas e ansiedades que ela causa, no final do dia fica aquele vazio, uma solidão, porque afinal, o que existe de concreto ali? um carinho, um abraço, uma palavra sincera e sentida de verdade?! quase nada.

- somos seres humanos, temos essa necessidade de nos relacionar, precisamos nos sentir parte de algo concreto, que nos apoie fisicamente e emocionalmente. nada virtual, por mais exacerbado que seja, pode substituir isso.

- como mudar um pouco esse cenário? acredito cada vez mais que precisamos nos concentrar na realidade, nas pessoas reais com suas qualidades e defeitos, que estão ao nosso alcance e no nosso dia a dia, conversar pessoalmente, olhar nos olhos, dar um abraço sincero.


- é preciso arranjar tempo e disponibilidade para isso. é preciso dar espaço para pessoas que tenham esse tempo e disponibilidade também. elas existem. quando experimentamos de pouquinho em pouquinho essa relação real, seja com a família, com amigos, com o amor, o sentimento de vazio e de solidão diminui.

- outra coisa, é entender que em certa medida o vazio e a solidão sempre vão fazer parte da nossa vida, faz parte do desamparo que sentimos ao nascer, crescer, ao ter que lidar com a vida e com o amadurecimento. precisamos encarar isso, usar isso a nosso favor, pode ser com um momento de reflexão, ou nos dedicando a alguma coisa que consideramos importante e que só dependa de nós, como estudar algo, olhar uma paisagem, respirar profundamente, cuidar de algo ou alguém, ler um livro, correr, caminhar... existe uma infinidade de possibilidades. escolha alguma que combine com o que realmente gosta.

entendendo esse cenário, aceitando nossas limitações e tentando viver cada vez mais presente e próxima de você mesma e das pessoas a sua volta, acredito que já temos um bom começo de caminho pra acalmar seu coração, pra sentir que a vida vale o esforço e que não é tudo um amontoado de superficialidades e vazios...

talvez você esteja sentindo isso tudo tão forte por estar passando por um momento importante e mais concentrado de amadurecimento, e isso é muito bom, você é uma menina linda e com vontade de fazer coisas boas, tenho certeza de que vai dar uma reviravolta e se concentrar num caminho significativo, que te renda momentos alegres e de crescimento.

confia minha querida, tenho certeza absoluta de que quando você se sentir melhor fazendo coisas que te fazem bem, mais pessoas com as mesmas vontades e sonhos vão se aproximar.

confia na vida e no acaso, tudo encontra seu jeito de ficar bem!



Um comentário:

  1. http://www.flickr.com/photos/tab_said/8577416957/in/photostream

    ResponderExcluir